Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

Sérgio Conceição quer quatro reforços para atacar o bi campeonato

d629fa337ea45c105e312b114c9a6b1e.jpg

   Sérgio Conceição e o FC Porto já trabalham na definição da próxima temporada. Com o título de campeão conquistado, o clube da Cidade Invicta quererá tentar o bicampeonato, pelo que, segundo O Jogo, já se trabalham em reforços. 

   De acordo com o explicado, o técnico português já definiu as posições a serem reforçadas, pedindo a Pinto da Costa, máximo dirigente dos azuis e brancos, a chegada de um central, um médio e dois extremos.

   As saídas de Marcano e Diego Reyes deixaram a defesa do dragão com fatlta de opções, sendo que o técnico quererá reforçar este setor com um nome de referência.

   A possibilidade de perder Brahimi, um dos ativos mais cobiçados no Dragão, fez também o técnico precaver-se. Apesar de ter várias soluções para a posição, Conceição pretende um desequilibrador ao nível do argelino.

   Para já, Conceição não abdicará de nenhum dos nomes que tem à sua disposição, sendo certo que há várias posições que precisarão de ser 'esclarecidas'. 

   Por exemplo, na baliza, o FC Porto, com a renovação de Iker Casillas, tem excesso de opções. Além do espanhol, Vaná, Fabiano e José Sá preenchem o lote de guardiões, sendo que um deles deve sair.

   No meio campo, André André já terá sido informado que não entra nas contas para o novo ano. O médio tem luz verde para procurar novo destino, mas a escassez de opções neste setor obrigará a ir ao mercado. Mikel e Bruno Costa vão ser observados durante a pré-temporada, mas poderá ser preciso ir buscar alguém que se possa afirmar de imediato, até porque Herrera poderá deixar o clube no defeso.

   Com Aboubakar, Marega, Soares e Corona certos para o próximo ano, Conceição terá pedido mais um nome para precaver a eventual saída de Brahimi, sendo certo que Hernâni não figura nos eleitos para o próximo ano.