Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

Paços-FC Porto: Quando a 'fome' enfrenta 'a vontade de comer'

jc_8661397e997.jpg

   Com o campeonato a entrar na sua reta final, o FC Porto segue na liderança da I Liga sem quaisquer derrotas. Com um registo de seis vitórias consecutivas no campeonato, a última das quais frente ao Sporting, a formação orientada por Sérgio Conceição não quererá perder vantagem na viagem à Mata Real.  Por outro lado, o Paços, que soma cinco derrotas nos últimos cinco encontros, sem nada a perder e a precisar de somar três pontos, já avisou que irá receber os dragões com olhos bem apontados à baliza adversária.  Fique com os pontos principais das antevisões dos dois técnicos bem como  a análise estatística ao momento das duas formações.

Sérgio Conceição:

   Paços de orgulho ferido: Quando defrontamos um adversário não olhamos para a posição que ocupa na tabela. Preparamos o jogo em função daquilo que devemos fazer e das valias do adversário. Não olhamos para uma equipa e vemos se está na linha de água... Falou do jogo que fizeram com o Benfica e acho que, naquilo que foi a organização do Paços, foi uma equipa que sabe o que faz. Vamos encontrar muitas dificuldades e, volto a frisar, o Paços é uma boa equipa e muito competitiva. A qualidade que tem não é o reflexo dos seus últimos jogos. Foi isso que foi passado aos jogadores.

   Sonho ou obsessão pelo título: O título nesta casa não tem de ser um sonho. Um sonho tem de ser para equipas que não estão habituadas a ganhar. Para nós é um objetivo claro... faltam 9 jornadas e 27 pontos. Estamos numa situação boa porque somos os primeiros, mas isso não chega. É preciso trabalhar e encarar os nove jogos como finais. O próximo jogo tem de ser sempre o mais importante. Não vamos mudar nada naquilo que é a preparação e motivação para o jogo. Temos é consciência de que à medida que o campeonato se vai aproximando do fim vai ficando mais complicado de acordo, também, com os objetivos dos outros.

   Intensidade e lesões: De acordo com os relatórios sobre os jogos, mais de 90% dos jogos corremos mais do que o adversário, ganhamos mais duelos, somos mais intensos e isso, aqui ou ali, pode pagar-se com uma situação que pode debilitar um jogador. Isto são dados que nós temos. Acho normal e natural que hajam lesões durante a época.

 

João Henriques:

   Antevisão: "Sabemos que o FC Porto ainda não perdeu qualquer jogo oficial em provas nacionais e que, por isso, será uma partida tremendamente difícil. Nós vimos de uma sequência negativa, é um facto, mas estamos convictos de que temos trabalhado bem nas últimas semanas"

   Momento da temporada: Nada melhor do que encontrar uma equipa como o FC porto para podermos dar uma imagem do nosso valor real, daquilo que somos capazes de fazer e do trabalho que está a ser desenvolvido

   Objetivos para a partida: Nada melhor do que encontrar uma equipa como o FC porto para podermos dar uma imagem do nosso valor real, daquilo que somos capazes de fazer e do trabalho que está a ser desenvolvido.