Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

Marcos Rojo salvou Argentina que continua a não convencer

naom_5b3299776e412.jpg

   Coração precisou-se! A Argentina deixou os seus adeptos à beira de um ataque de nervos neste duelo com a Nigéria. Mas tudo está bem… quando acaba bem. E acabou bem para a albiceleste. Uma vitória por 2-1, arrancada aos 86 minutos, coloca a formação de Jorge Sampaoli nos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo.

   A Argentina entrou mandona e com a atitude certa. Era preciso controlar o ritmo de jogo desde o início e foi isso que os sul-americanos fizeram. O futebol ofensivo passava todo pelos pés de Messi, que apareceu como protagonista hoje.

   O camisola 10 marcou, aos 14 minutos, o seu primeiro golo no Mundial que colocou a Argentina em vantagem. E este golo deu confiança aos argentinos. A Nigéria poucos argumentos demonstrou no 1.º tempo, ao contrário do que fez na 2.ª parte.

   Logo aos 50 minutos, a Nigéria gelou o povo argentino. Através de uma grande penalidade, Moses bateu Armani e fez o 1-1. A partir daqui, é quase possível dizer que aconteceu de tudo. Bola cá, bola lá. O golo podia surgir a qualquer momento. O coração tomou conta dos jogadores e já existia pouco discernimento tático.

   A Nigéria podia ter feito (por inúmeras vezes) o segundo golo, mas a sorte não estava do lado africano. Era a noite da Argentina. A estrelinha esteve do lado sul-americano e, aos 86 minutos, Rojo apareceu para salvar um país do futebol. O ex-Sporting, de pé direito, fez o 2-1 e deu uma alegria a milhões de adeptos. A Argentina está nos oitavos-de-final do Mundial, onde vai encontrar a França. A Nigéria fica pelo caminho.