Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

SomosDesporto

Blog desportivo, noticias atualizadas, futebol nacional e internacional.

Cristiano Ronaldo e Florentino Pérez de costas voltas: A cláusula milionária e os destinos (pouco) prováveis

img_770x433$2018_06_07_02_28_38_1407061.jpg

   imprensa espanhola, mas também a portuguesa, têm-se debruçado profundamente sobre o futuro de Cristiano Ronaldo. Ao que tudo indica, depois do fim de linha para Zidane, também o craque português terá feito saber a Florentino Perez que não pretende continuar no conjunto blanco. 

   Face a este cenário, muito se tem especulado sobre o futuro do jogador. Ronaldo, após a conquista da Champions, disse que iria anunciar novidades sobre o tema a breve trecho, mas a sua saída do Real parece complicar-se.

   Segundo o explicado esta sexta-feira pelo jornal Mundo Deportivo, o avançado e o presidente merengue chegaram agora a um braço-de-ferro. É que face ao desgaste provocado pelo tema, Florentino estará disposto a fazer finca-pé pelo jogador. A ideia será negociar Ronaldo apenas pelo valor da cláusula de rescisão inscrita no seu contrato: mil milhões de euros.

   O valor será praticamente - para não dizer totalmente - impossível de pagar por qualquer clube e, com este gesto, Florentino quer demonstrar ao português que terá de conformar-se com a permanência na capital espanhola.

   Ainda assim, a mesma publicação pondera ainda sobre os possíveis destinos de CR7. De acordo com o explicado o PSG seria o mais forte candidato a receber o jogador de 33 anos. Com Neymar pago – 222 milhões de euros -, mas no horizonte de saída para o Real, mas com Mbappé ainda por pagar, ao Monaco, o clube francês não terá, neste momento, capacidade para integrar o português.

   Assim, o Manchester United seria a segunda porta a abrir pelo internacional luso. Porém, a má relação pessoal com José Mourinho, apesar do carinho sempre dado pelos adeptos dos red devils, terão rapidamente feito o craque merengue mudar de ideias.

O City, por seu lado, poderia beneficiar desta má relação entre jogador e técnico lusos. Porém, Guardiola, como é sabido, não gosta de alterar o seu sistema de jogo, sistema esse em que Ronaldo dificilmente teria lugar (pelas suas características).

 

Por fim, MLS e China seriam possibilidade para o experiente avançado. Contudo, Cristiano Ronaldo sempre fez saber que gostaria de manter-se ao mais alto nível durante muitos anos, considerando que será demasiado cedo para embarcar neste tipo de aventura milionária.